Como melhorar a Compreensão na Leitura?

Já aconteceu de você ficar preso em um texto denso? Não conseguindo seguir em frente com a leitura, por achar difícil sua compreensão?

Parece que não, mas isso é algo comum de acontecer com estudantes, concurseiros e profissionais no mundo todo. 

Muitas vezes é necessário ler algo importante e complexo em um curto espaço de tempo. Isto acaba se tornando quase impossível, diante dos obstáculos no entendimento do conteúdo da leitura.

Assim, muitas vezes o simples ato de ler um texto ou um livro se torna um grande problema. Aliás, até um fardo para o leitor, devido aos obstáculos enfrentados para apreender todo o conteúdo necessário.

O mais “engraçado” de tudo isso, é que praticamente todos os problemas da leitura são originados de um único em particular: a falta de compreensão. 

Quando não compreendemos um parágrafo, temos duas decisões a tomar:

1º – Devo avançar com a leitura mesmo sem compreender?

2º – Devo fazer a releitura e perder o ritmo e o prazer de ler?

Creio que nenhuma das duas decisões seja fácil de ser tomada. Isto é, em ambas você perde algo fundamental para uma leitura com qualidade e com excelentes resultados. 

Portanto, na busca de te ajudar a superar esse problema e aproveitar ao máximo suas leituras, seja nos estudos, trabalho ou simplesmente lazer, separei alguns passos para você compreender facilmente qualquer assunto e ainda obter um melhor aproveitamento do seu tempo. 

Vamos lá? 

Compreensão e Interpretação são a mesma coisa? 

Antes de tudo é preciso esclarecer uma dúvida importante. Muitas pessoas confundem os termos compreensão e interpretação, acreditando que ambos se tratam da mesma coisa.

Compreender e Interpretar representam coisas bem distintas entre si. Mesmo que haja uma semelhança, as diferenças se sobressaem. 

Com o intuito de eliminar de vez essa dúvida e deixar tudo bem claro em sua mente, separei uma pequena explicação a respeito de cada termo. Dessa forma você evita cometer erros futuros!

O que é a compreensão textual?  

Em resumo, a compreensão textual representa a capacidade que uma pessoa tem para absorver o que está escrito em um texto. 

Ou seja, fazer uma análise objetiva do assunto que está sendo lido, na busca de assimilar as principais ideias, palavras e contextos presentes, coletando dados e informações contidos no texto. 

De forma geral, a compreensão não permite que a pessoa tire suas conclusões próprias a respeito de um tema ou assunto. 

Um exemplo de utilização da compreensão textual é a leitura de contratos. Neste tipo de leitura a pessoa deve se atentar para os fatos, datas, responsabilidades e deveres de cada parte no contrato. Enfim, para todas as informações descritas e não conclusões a respeito delas. 

O que é a interpretação textual? 

Por outro lado, diferente da compreensão, a interpretação refere-se àquilo que podemos concluir sobre determinado texto. 

Isto é, ela busca analisar um texto, incluindo personagens, falas, localizações, épocas… fazendo conexões com ideias estabelecidas em nossa mente. Assim, chega a uma conclusão individual, sobre tudo o que consta no texto. 

Um exemplo simples de onde a interpretação é utilizada, são as fábulas e contos infantis. Normalmente, ao final destas estórias, é comum que uma mensagem seja passada e espera-se que a pessoa que esteja lendo use a interpretação para encontrar ali uma conclusão que se encaixe no contexto em que vive.   

Dessa forma, é possível concluir que a principal diferença entre a compreensão e a interpretação, é que a compreensão está inteiramente ligada a dados concretos e objetivos de um texto, enquanto a interpretação se refere a uma análise mais subjetivas e criativa do texto, ocorrendo interferências de conhecimentos prévios do leitor na conclusão final do que está escrito.

Nesse contexto, ao ler um texto ou livro, é esperado que a pessoa consiga obter um excelente grau de compreensão do texto, ainda mais quando a leitura se deve a um propósito acadêmico, ou ainda nos estudo pré vestibulares ou antes de concursos públicos.

A interpretação de textos também pode acontecer no ambiente acadêmico, porém quando for solicitado para que você faça uma análise a respeito de um tema, ou que dê sua opinião sobre algo. 

As 3 fases da leitura de um texto

No começo deste artigo disse que nem todo mundo consegue obter uma boa compreensão textual, o que gera determinados problemas e obstáculos referentes ao entendimento do texto. 

Contudo, superar essa barreira não é complicado. Siga as 3 etapas para a leitura de um texto e você verá a enorme diferença que isso fará na sua compreensão. 

Enquanto estiver lendo algo, faça perguntas para si mesmo no intuito de conseguir extrair todo o conteúdo do texto, de maneira clara, objetiva, visando obter um excelente grau de compreensão. 

Só para exemplificar: 

“Com qual intenção vou ler esse texto?”

“Qual o significado dessa palavra no contexto do livro?” 

“Qual a principal mensagem que o texto quer passar?”

As perguntas deverão ser realizadas antes, durante e após a leitura, abrangendo o conteúdo ao todo. Vamos entender melhor como funciona esse processo? 

Veja abaixo: 

Antes de realizar a leitura  

A fim de clarear as ideias em sua mente, antes de começar a leitura é preciso que você elabore e responda perguntas que ativem um conhecimento prévio a respeito do conteúdo que será abordado. 

Quando você previamente entra em contato com o assunto que será lido, sua capacidade de compreender e identificar os elementos principais do texto será aumentada, garantindo maior eficiência e precisão no resultado final. 

Assim, você conseguirá ter um domínio maior do conteúdo. 

Durante a leitura 

Enquanto já estiver realizando a leitura, você deverá formular perguntas que chequem a qualidade do seu entendimento sobre o que está lendo. Por exemplo, você pode perguntar:

“O que essa parte está querendo dizer?”

Agindo dessa maneira, você conseguirá checar o conteúdo e poderá fixar em sua memória o que você aprendeu. As perguntas funcionarão como um reforço das ideias vistas. 

Sem dúvida, essa ação funciona como uma espécie de revisão automática, que faz com que seu cérebro grave com mais eficiência o que está sendo lido. 

Após realizar a leitura 

Bom, por fim, após realizar toda a leitura, você deverá realizar perguntas que englobam o conteúdo lido ao todo. 

Ou seja, você irá buscar respostas que emitam conclusões claras e objetivas, sobre tudo aquilo que foi visto. É nesse momento que você conseguirá ver se realmente compreendeu o que leu. 

Através desses passos, você conseguirá organizar melhor aquilo que foi lido e ampliar seu grau de compreensão na leitura. 

É totalmente possível melhorar sua compreensão na leitura! 

Vimos que a compreensão textual é essencial para adquirirmos o conhecimento por meio de uma leitura eficiente, ainda mais quando temos uma prova ou vestibular pela frente. 

Outro ponto importante que vimos, é que existem diferenças entre compreensão e interpretação de texto. 

Saber identificá-las é fundamental para prosseguir com uma leitura sem erros. E cometer um erro na leitura, ainda que pequeno, pode causar grande confusão no entendimento e atrapalhar todo o seu resultado! 

Existem diversas estratégias para não apenas melhorar a compreensão de textos, como desenvolver uma leitura de qualidade incrível, mais centrada, rápida e leve. 

Quando você lê com velocidade e eficiência, tem condições de colocar seus estudos em um outro nível. Você consegue ir além do necessário para ter um bom desempenho nas provas. 

Isso acontece porque quando temos muitos conteúdos para estudar e pouco tempo para isso, nosso grau de estresse aumenta consideravelmente e isso afeta a qualidade da nossa leitura e claro, o resultado final também.

Se você tem uma leitura rápida e com compreensão dos textos, sobra mais tempo para fazer revisões, checar novos materiais, organizar melhor as ideias na sua mente, sem precisar andar cheio de anotações nos bolsos.

Além disso, sua mente se torna treinada para enxergar oportunidades que ninguém mais vê, em todos os setores da sua vida.

Todas as pessoas, mesmo as que têm pouco tempo para estudar, são capazes de estudar e aprender tudo sobre os mais diversos assuntos. Basta treinar o cérebro para isso.

Por essa razão, eu te convido a conhecer o Curso Fast Read Leitura Dinâmica, onde você vai aprender as técnicas dos leitores mais inteligentes.

Neste curso você vai aprender uma seleção de técnicas meticulosamente preparadas para você memorizar os livros, capítulos e toda sorte de conteúdo literário rapidamente, sem necessidade de ficar fazendo exercícios.

Interessante, não?

Tenho certeza que você vai se surpreender com o potencial incrível que a sua memória tem e você não sabia. Clique aqui para conhecer o curso.

Gostou do conteúdo deste artigo? Comente aqui embaixo sobre sua experiência e dúvidas que você tem sobre leitura! Prometo que irei ler e responder todo mundo. 

Compartilhe este artigo com seus amigos. Talvez este texto possa ajudar outras pessoas com dificuldades na leitura e nos estudos. Faça também a diferença em suas vidas!

Viva bem. Lembre bem.

Prof. Renato Alves

Pesquisador cognitivo, autor do curso Estudo Memorização e dos livros O Cérebro com Foco e Disciplina e Não Pergunte se Ele Estudou. Conferencista e dono do título de Melhor Memória do Brasil. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *