Conheça 6 alimentos que ajudam a fortalecer a memória

Deu branco na memória, não se preocupe, até que se prove o contrário é provável que não seja nada sério. Muitos estudantes e concurseiros focam apenas nos estudos e esquecem que ter uma rotina saudável e equilibrada também é necessário para produtividade e motivação. Nesse sentido, a prática regular de atividades físicas aliada a uma dieta nutritiva é fundamental para garantir o fortalecimento do cérebro e contribuir para a aprovação naquele exame concorrido. Isto posto, conheça 6 alimentos que ajudam a fortalecer a memória — assim, quando você for à feira ou ao restaurante, lembrará quais itens você deve ter nas suas refeições!

6 alimentos que ajudam a fortalecer a memória

1. Abacate

Essa é uma das frutas mais saudáveis que você pode ingerir. Apesar de ter uma reputação duvidosa por conta do alto teor de gordura, é importante notar que essas gorduras são monoinsaturadas — ou seja, boas —, mantendo estáveis os níveis de açúcar no sangue e contribuindo para uma boa saúde mental.

Por conter vitamina K e folatos, os abacates ajudam a prevenir coágulos sanguíneos no cérebro (protegendo contra acidentes vasculares cerebrais), bem como a melhorar a função cognitiva, especialmente memória e concentração.

A fruta também é rica em vitaminas B e C, que são armazenadas no seu corpo e precisam ser reabastecidas diariamente. Além disso, tem mais proteína e menor teor de açúcar que qualquer outra fruta.

O abacate cai bem em muitas receitas: sua textura cremosa, por exemplo, garante bons smoothies, guacamoles e saladas.

2. Beterraba

Apesar de ser um vegetal intimidador para muitos, as beterrabas são um dos vegetais mais nutritivos que existem. Com sua cor exuberante e viva, garante um bom funcionamento cerebral, disposição para os estudos e, o melhor de tudo, é um alimento super versátil. Deve entrar na sua lista de compras agora mesmo!

Elas reduzem inflamações, são ricas em antioxidantes que combatem o câncer e ajudam na purificação das toxinas presentes no sangue. Os nitratos naturais das beterrabas aumentam o fluxo sanguíneo para o cérebro, ajudando no desempenho mental. Além disso, durante exercícios difíceis, elas ajudam a aumentar a energia e níveis de desempenho.

Seja cozida, crua ou até mesmo assada, vai bem tanto nos lanches quanto nas refeições principais, então não há desculpa para não começar a ingerir esse poderoso alimento de raiz.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

3. Brócolis

Sua mãe estava certa quando pedia para que você comesse brócolis — ele é um ótimo aliado da memória! Graças aos seus elevados níveis de vitamina colina e K, ajuda a manter a sua mente afiadíssima.

Pesquisadores relataram que, por possuir compostos chamados glucosinolatos, os brócolis podem retardar a degradação do neurotransmissor acetilcolina, fundamental para o sistema nervoso central funcionar corretamente e manter o cérebro e a memória a mil.

Se você acha sem graça comer apenas o vegetal cozido, tente incluí-lo em outras refeições como arroz, molhos e carnes — fica super saboroso! Lembre-se que as folhas do vegetal também são comestíveis, então você pode refogá-las ou ainda usá-las em saladas.

4. Semente de linhaça

Popularmente conhecida como amiga da perda de peso, a linhaça (tanto a dourada quanto a marrom) é ótima também se você deseja dar um “up” nas funções cerebrais e na memória.

O principal nutriente que garante esse fator é o ômega 3, óleo presente em diversas castanhas e peixes. Para extraí-lo da semente, é importante que você a triture ou ingira na sua forma germinada (após ficar de molho em água). Sua conservação deve ser feita em vidros escuros, guardados em local arejado, assim suas propriedades são mantidas por muito mais tempo.

Se você pensa que ela só é boa em vitaminas, saiba que é um ótimo complemento para as saladas de frutas, iogurtes, pães e até mesmo misturada no arroz com feijão, como uma farinha.

5. Damasco

Próximo do final de ano, ver damascos por aí é tarefa fácil! Mas essa fruta é o tipo de alimento que deve ser consumido durante o ano todo. Embora sejam mais comumente encontrados na forma enlatada ou desidratada, os damascos frescos são uma excelente fonte de fibra e vitamina C, contribuindo e muito para a memória.

Parentes dos pêssegos, eles são pequenos, possuem uma coloração alaranjada (proveniente do betacaroteno), casca aveludada e interior doce. Eles são ricos em muitos antioxidantes, como os polifenóis e os flavanoides, protegendo nosso corpo contra inflamações e contribuindo para uma boa saúde cerebral.

Eles são ótimos se consumidos em saladas, iogurtes ou até mesmo individualmente, como um lanchinho entre uma refeição e outra. Uma alternativa para a fruta desidratada é hidratá-la em água por cerca de 20 minutos e triturar com a ajuda de um mixer ou liquidificador — você consegue uma textura semelhante à da geleia, ótima para passar em pães e torradas.

6. Mirtilo

Apesar de pequenas no tamanho, essas frutinhas conhecidas como mirtilo (ou blueberry, em inglês) têm um grande peso na dieta saudável. Isso porque se enquadram como um dos alimentos que mais ajudam na memória.

Por ser um dos frutos mais ricos em antioxidantes, vitaminas C e K, fibras e altos níveis de ácido gálico, são especialmente eficientes na diminuição do estresse e degeneração cerebral. Eles são capazes de aumentar a concentração e a memória por até cinco horas, uma vez que esses antioxidantes estimulam o fluxo de sangue e oxigênio para o cérebro e mantêm a mente fresca.

Use os mirtilos em smoothies, saladas de frutas e também nas panquecas —ótima opção para o café da manhã!

Dica de memorização: Como se lembrar de todos esses alimentos

Nem sempre lembramos de fazer uma lista de tudo o que devemos comprar no mercado ou na feira, não é mesmo? Mas com algumas técnicas de memorização essa tarefa fica fácil! Um exemplo são os métodos mnemônicos, que são auxiliares de memória.

Eles podem ser um esquema, um gráfico, símbolos, palavras ou até frases relacionadas com o assunto que se intenta memorizar. Assim, recorrer a esses suportes promove uma rápida associação e melhor assimilação.

Para que você se recorde desta lista de alimentos, lembre-se da frase abaixo: nela, a primeira letra de cada palavra corresponde a um alimento deste artigo. Suas refeições serão muito mais saudáveis!

Alimentação Boa e Bonita Só Depende de Mim!”

Uma alimentação equilibrada deve ser variada e colorida, assim você tem maior disposição para os estudos e tarefas do dia a dia, alcançando melhores resultados. Espero que este artigo sirva de motivação para que você adote um estilo de vida mais saudável e elimine os hábitos ruins.

Agora que já sabe quais são os alimentos que ajudam na memória, que tal ficar por dentro destas 10 dicas para evitar o esquecimento?

Fique a vontade para deixar um comentário. Suas ideias também alimentam a memória 🙂

Ps.1: Você sente dificuldade de memorizar e se lembrar de coisas do dia a dia? Gostaria de convidar você a conhecer o meu curso Memória Blindada.

Há mais de 20 anos ensino este método de memorização, que já está presente em mais de 100 países e tem 97% de avaliação positiva. Dê uma olhadinha nos depoimentos dos nossos alunos:

» Clique Aqui e assista alguns depoimentos de alunos do curso «

Nas videoaulas eu explico de maneira bem objetiva, todas as estratégias que utilizo para não esquecer de nada e me ajudaram a ganhar o título de melhor memória do Brasil.

Acredito tanto na eficiência do método que se em 7 dias você  não notar melhoras no seu nível de memorização, eu assumirei total responsabilidade e devolverei 100% do seu investimento. O que você acha?

Clique aqui e saiba mais sobre o treinamento!

Viva bem. Lembre bem.

Até a próxima.

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Ps.2: Quer ter acesso à outras informações? Curta e siga a minha fanpage no Facebook e também inscreva-se no meu canal no Youtube.

18 Comentários


  1. Gosto muito deste su site, até salvei ele como favoritos no meu navegador. Bons conteudos, site responsivo e rápido. Site muito top. Segue meu site aberto a sugestões.

    Responder

  2. Vou fazer estas dicas ….pois gosto muito de me cuidar….tenho aprendido demais com vc …..obrigado…..

    Responder

  3. Legal o artigo todos esses alimentos estão em minha alimentação diária e eu tenho uma boa memória faz sentido

    Responder

    1. Olá, Daniela. Obrigado, também procuro fazer uma dieta funcional, é ótimo.
      Abraço 🙂

      Responder

  4. Nada como fazer boas leituras, com certeza estou aprendendo a me cuidar com essas dicas.
    Valeu.

    Responder


  5. Não gosto de beterraba… Eca… Abacate engorda, não? mas acho que comer só um pouquinho pode ser…

    Responder

  6. Bom saber que o mirtilo está nessa lista! ADOOORO Mirtilo!!!

    Aliás, adoooro tudo isso!!! =D

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *