O que é personalidade

Quantas vezes, depois de observarmos o comportamento de uma pessoa, pensamos ou dizemos frases como: “Ela tem uma personalidade forte”, ou, “Aquele sujeito tem muita personalidade” e até mesmo: “Este sujeito não tem personalidade nenhuma”, mas de fato o que é personalidade, como você definiria a sua?

Afinal, quem tem personalidade?

Acontece que a sociedade, em geral, erra ao julgar quem tem ou não, personalidade. Julgamentos, muitas vezes, infundados, sem qualquer critério, simplesmente abalizados em crenças, experiências pessoais e até pela força de expressão. Por exemplo: um grupo de amigos se reúne para conhecer um novo restaurante. Se um deles diz educadamente que não gostou do restaurante, os que gostaram podem reagir: “Como assim, não gostou? Você não tem personalidade mesmo, hein! Um local tão bom…” E passam a assumir a crença de que aquele sujeito não tem personalidade.

Suponha que outro indivíduo batesse a mão sobre a mesa e dissesse num tom de voz acalorado: “Este restaurante é uma porcaria, detestei este lugar.”

Quando questionado sobre o motivo, responde: “É porque eu não gostei mesmo, e daí? E quero ver quem vai me fazer gostar deste chiqueiro”. Neste caso, certamente um observador desatento pensaria: “Caramba! Este cara tem uma personalidade forte”. E é provável que alguns até o adote como referência de liderança.

Quando uma sociedade atribui personalidade baseando-se apenas naquilo que vê, ouve ou sente, sem refletir sobre o que foi visto, ouvido ou sentido, acaba não tendo consistência no julgar. É assim que se cria e até idolatra-se falsos líderes.

O que é personalidade

Personalidade é o traço que determina a individualidade da pessoa. É um comportamento estável emitido regularmente. É o modo habitual de ser. Desta forma, pode-se dizer que o sujeito que falou num tom de voz brando pode ter tanta personalidade quanto o exaltado. Por apresentar este comportamento na maioria das vezes, podemos caracterizá-lo com um indivíduo de personalidade mansa, sossegada, de índole pacífica. Pessoas com este perfil são mais flexíveis e abertas a discussão.

Quanto ao outro, se ele apresentar frequentemente um comportamento exaltado, será rotulado como um sujeito de personalidade irada, irritadiça, brava e não necessariamente um sujeito de personalidade forte. Pessoas com o este perfil geralmente acabam tornando-se absolutamente resistentes, rígidas, críticas e inflexíveis. Entende-se, desta maneira, que todas as pessoas possuem traços de personalidade e que é incorreto julgar. Afinal, boa, má, brava, mansa, cada um tem o seu jeito de ser.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

Eis uma informação importante: a personalidade deve ser avaliada pelo comportamento que o indivíduo emite na maioria das vezes e não por reações isoladas. A personalidade é determinada pelo que o indivíduo é na maioria das vezes e não como ele está em determinado momento. Conclui-se, dessa forma, que não dá para definir a personalidade de alguém em pouco tempo de convívio. É preciso conhecer, prestar mais atenção aos sinais emitidos a maior parte do tempo.

Um líder de personalidade equilibrada, moderada e de bom senso, é um verdadeiro líder. Jamais diria: “Este restaurante é um chiqueiro” com o risco de gerar hostilidade e repulsa por parte dos que estão sob sua liderança. Da próxima vez que escutar a frase: “Que pessoa sem personalidade” ou algo semelhante, saiba que tal afirmação foi um pouco precipitada.

A sua melhor versão da personalidade é moldada com com foco e disciplina

O que você já perdeu hoje por pura falta de disciplina? As chaves de casa, o prazo do relatório, uma consulta ao médico, a dieta para perder aqueles quilos? O preço que pagamos pela falta de foco e disciplina é sempre muito alto e pode ser medido em dinheiro, tempo e oportunidades que vão pela janela. Vivemos com a mente atulhada de ideias, mensagens, tarefas a cumprir e o caos mental gera grande cansaço. As pessoas no mundo moderno travam uma batalha diária e invisível com a própria mente… e perdem. No final do dia, voltam para casa com o corpo intacto, mas a mente esgotada sem a mínima disposição para estudar, ler, meditar ou refletir. Entenda como fazer o autocontrole dirigir sua vida e revolucione seu modo de viver. Faça sua mente trabalhar a seu favor, este é o objetivo base do livro O Cérebro com foco e disciplina, o livro hoje está na 9ª edição e para adquiri-lo clique aqui.

Um forte abraço,

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

2 Comentários


  1. Creio pelo que li , um verdadeiro lider nao gosta de aparecer. PREFERE AGIR SUTIMENTE

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *