Quanto custa um esquecimento?

Você já se perguntou quanto custa um esquecimento? É fácil estimar quanto se perde em dinheiro por causa de um simples esquecimento. Basta verificar o que foi esquecido, traçar todos os passos necessários para corrigir o problema, verificar quanto custou cada um deles e somar.

Por exemplo, você envia um relatório para a impressão, mas logo em seguida nota que se esqueceu de incluir uma informação importante.

Custo: folhas novas e tinta para impressora. Olhando rapidamente para valores isolados, parece pouco, não é?

Agora imagine-se somando todos os prejuízos que você pode ter com cada um dos seus esquecimentos, acontecendo uma ou duas vezes por dia.

Multiplique isso por 52 semanas e avalie o seu prejuízo anual! Agora, numa hipótese mais sombria, pense neste custo multiplicado por centenas de funcionários em uma empresa.

Certamente o prejuízo explicará porque algumas contas não fecham.

O custo de um esquecimento pode variar também de pessoa para pessoa, de acordo com sua classe social, ou a atividade que exerce.

Então eu lhe pergunto mais uma vez, quanto custa um esquecimento?

Por exemplo, o prejuízo de uma mulher rica que esquece num local público a sua bolsa Louis Vuitton recheada de jóias, maquiagens importadas, dinheiro, documentos e cartões de crédito será maior do que o da mulher pobre que esquece sua bolsa com uma carteira vazia, um batom usado, um espelho e uma escova de cabelo.

O prejuízo de um corretor que se esquece de renovar o seguro do carro de um cliente pode ser um pouco menor do que o do piloto que se esquece de ligar o transponder do jato executivo podendo com isso causar um grave acidente aéreo.

Fiz uma pesquisa com profissionais com o objetivo de tentar descobrir quais são os maiores esquecimentos dentro da empresa e o quanto se perde todos os anos por conta deles.

Acredite: em média uma empresa pode gastar até dois mil reais por ano com esquecimentos. Detalhe: por funcionário! Vale lembrar que isso é uma estimativa, afinal, ninguém sabe quando será o próximo lapso.

Além disso, alguns funcionários conseguem extrapolar absurdamente este valor com um único esquecimento.

Lembra-se da operadora de caixa que se esqueceu de registrar o bolão da Mega Sena na lotérica de Novo Hamburgo? O prejuízo foi de mais de cinquenta milhões de reais e quase custou também a pele da coitada.

O caso da lotérica também chama a atenção para outro tipo de prejuízo gerado pelo esquecimento: O prejuízo moral.

[inf_infusionsoft_inline optin_id=optin_1]

O esquecimento mancha a reputação e causa uma desestabilização na confiança do profissional, afinal de contas, quem confiaria uma missão a um sujeito esquecido?

Exemplos de prejuízo moral: O profissional não se lembra do nome de um cliente importante, se esquece de dar um recado urgente ou fazer uma tarefa essencial. Neste caso o esquecimento riscará profundamente a sua imagem.

Você se lembra do seu último esquecimento que lhe causou prejuízo financeiro? De quanto foi o seu prejuízo, naquela ocasião?

Não importa se foi pouco ou muito, você concorda que ele poderia ter sido evitado, se você soubesse como usar melhor a sua memória?

O que aconteceria se você assumisse uma postura mais atenta diante das tarefas?

Qual seria o resultado de fazer e conferir o seu trabalho e verificar se ficou algo por fazer?

Certamente você se tornaria muito mais assertivo, eficiente e evitaria custos inesperados. Concentre-se e realize!

Você conhece uma pessoa muito esquecida? Deixe um comentário e nos diga como este texto te ajudou a identificar comportamentos que prejudicam o seu rendimento nos estudos e no trabalho.

Se você se preocupa com seu bem-estar, gostaria de lhe indicar um curso cujo objetivo não se limita apenas a acabar com esses “esquecimentos”, o meu curso Memória Blindada é um treinamento onde eu ensino a memorização prática para o dia a dia.

O treinamento por ser em videoaulas on-line, você poderá acessar onde e quando quiser, seja no seu celular, tablet, computador ou smart TV. Tudo muito bem elaborado para que você tenha acesso a todas as estratégias que utilizo para não esquecer de nada.

Como incentivo para que você adquira ainda hoje o treinamento e por acreditar tanto na eficiência do meu método, além dos bônus eu ainda lhe ofereço uma garantia especial:

» Clique Aqui e assista alguns depoimentos de alunos do curso «

Se em 7 dias, depois de aplicar o método, você  não notar melhoras, eu assumo total responsabilidade e devolverei 100% do seu investimento. O que você acha? Clique aqui e saiba mais sobre o treinamento!

Quer ter acesso a mais dicas? Curta e siga a minha fanpage no Facebook e inscreva-se no meu canal no Youtube e receba as novidades em primeira mão.

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Curso Memória Blindada

4 Comentários


  1. Me custou muito, o dia estava propicio nao sei o que estava acontecendo comigo perdi a chave do estoque onde trabalho e depois sai com uma grana no bolso e perdi, somando tudo deu mais de cem reais, quase enlouqueci, mas blz tudo passa procuro nem lembrar do fato para me sentir melhor.

    Responder

  2. parece zica mas ja me custou uma panela queimada, uma camera fotográfica e ter que voltar para a faculdade para buscar meu celular sem contar os outros esquecimentos.

    Responder

  3. Ja me custou R$50,00 esqueci de conferir uma impressão que foi para a gráfica faltando uma parte do texto,

    suas dicas e seu livro 10 Hábitos da Memorização me ajudou muito

    Responder

  4. Me custou, quase um tanque de gasolina para pegar um retorno e um tempo imenço… e quase meu emprego, tinha também a duvida se tinha deixado a porta de casa aberto, mais a sua tecnica de falar quando faz é execelente… sempre falo que fehei e olho para algo que me lembre da terefa realizada.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *