Como Passar na OAB de Primeira sem estresse | Exame da OAB

Já passou pela sua cabeça a ideia de terminar a faculdade e ainda ter que esperar mais 6 anos para conquistar sua independência financeira? Seria algo insano, não é verdade? No entanto, é isso o que vem acontecendo com milhares de bacharéis em Direito em todo o país, passar na OAB de primeira se tornou um sonho impossível para a maioria.

Passar na OAB de primeira se tornou quase impossível

Desde que surgiu o exame nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, o famoso e temido exame da OAB, ficou mais difícil para um recém-formado começar a ganhar dinheiro na advocacia.

O problema é que a média de reprovação estacionou nos 80%. Realmente passar na OAB de primeira não é fácil.

Isso é bom para os clientes, que assim, possuem um mecanismo que atesta a qualidade do Advogado, e péssimo para o bacharel, que pode passar anos tentando e desistir antes mesmo de ver a cor da tal carteirinha.

Pois é, atravessar o oceano a nado para morrer na praia é o destino de muitos estudantes de Direito, aliás, sejamos justos, também há muito estudante de Medicina morrendo na praia, pelos mesmos motivos, os quais explicarei mais adiante.

Alguns estudantes são perseverantes. Antes de desistir eles torram muita grana alimentando a fornalha da indústria dos cursinhos preparatórios e apostilas. Gastam com inscrições, idas e vindas das provas e os últimos trocados com cartelas de antidepressivos.

A pergunta que eu faço é a seguinte:

Qual a explicação para o baixo rendimento dos alunos no exame da OAB?

Suspeito que a explicação tenha começado lá atrás, no primeiro dia da faculdade.

Se você já não se lembra mais como foi, deixe-me tentar refrescar sua memória.

Quando um jovem vira a chave e vai do contexto do colegial para o contexto da faculdade, uma forte mudança de mindset acontece.

As características da adolescência ainda estão presentes e a inexperiência diante de uma mudança radical no sistema de aprendizado faz com que demore para cair a ficha.

Na verdade, o adolescente não está preocupado com objetivos de longo prazo. Ele quer curtir e isso é perfeitamente aceitável, afinal, ele ainda tem uma vida pela frente. Mas é exatamente na falta de planejamento de longo prazo que começam os problemas.

Uma pessoa pode passar na OAB de primeira, sem estresse, mas infelizmente a maioria comete um dos piores erros que é esperar o término da faculdade para se preocupar com sua carreira profissional.

O estudo do Direito abre um leque extraordinário de oportunidades. Depois de formado você pode se tornar um Juiz, Promotor, Procurador, Defensor, Delegado, Tabelião, Advogado da União e ainda a gama de possibilidades de atuação no setor privado.

Dito isso, pergunto:

O que aconteceria se no primeiro dia de faculdade você soubesse exatamente o que busca para o futuro?

Saber exatamente o que, onde, quando e especialmente como pretende alcançar sua meta, permite ao aluno fazer a coisa certa logo no começo, o que pode impactar totalmente os resultados no final da faculdade, quando ele já estará virando outra chave importante, ou seja, saindo do contexto da adolescência e entrando na vida adulta.

Apesar da vida ser cheia de imprevistos, ainda assim vale a pena investir em um planejamento de longo prazo. Eu posso lhe assegurar que o planejamento é o primeiro passo para tornar as coisas menos imprevisíveis e também para direcionar sua energia para aquilo que realmente importa, a aprovação de primeira.

Então vamos imaginar que no primeiro dia de faculdade você diga:

Eu decido me formar e ser Promotor de Justiça.

Nesse caso eu aconselharia:

¨Faça o exame da OAB.¨

Então eu quero ser Juiz!

¨Faça o exame da OAB também!¨

Veja, não importa se você será um juiz, promotor ou delegado da polícia federal, fazer o exame da OAB tem que ser parte da sua missão no estudo do Direito, da mesma forma que um formando em medicina precisa passar pelo curso de residência.

Estudar para o exame da OAB força seu raciocínio jurídico e atesta sua capacidade de entendimento e aplicação da lei. Essas competências são absolutamente necessárias, independentemente da carreira que você escolher.

E para garantir que você consiga passar na OAB de primeira, imediatamente após a conclusão do último semestre da faculdade, você terá que contar com a ajuda de duas funções cognitivas:

  1. Inteligência;
  2. Disciplina.

A melhor definição de inteligência é: “a capacidade de fazer escolhas”.

É a inteligência que une as informações do mundo, compara com as existentes na memória e lhe oferece insights interessantes, por exemplo:

Você poderia transformar as entediantes aulas da faculdade em aulas de cursinho preparatório para o exame da ordem.

Como?

Você vai ter que assistir as aulas, não é mesmo?

Então aproveite a inteligência dos seus professores e economize o dinheiro que você gastaria nos cursinhos preparatórios e apostilas. A lógica é bem simples, acompanhe:

Agora você sabe que passar na OAB de primeira é possível

Você faz um levantamento das matérias que geralmente são pedidas nas provas de exame da OAB. Só para lembrar, são exatamente as mesmas que você vai ver durante os anos de faculdade, certo?

De posse dessa valiosa informação, você vai fazer o seguinte:

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

Quando o professor estiver explicando uma matéria que você estrategicamente selecionou em sua casa, e que futuramente será pedida no exame da OAB, abra bem a boca, os olhos e ouvidos e absorva cada detalhe da explicação.

Ok, a boca pode deixar fechada. (risos)

Mas preste o máximo de atenção na aula. Você vai canalizar aquele momento único de interação com seu mestre para aprender, explicar, memorizar e depois revisar tudo.

Veja aqui um texto onde eu falo sobre revisões.

Usando essa estratégia você terminará a faculdade com praticamente todas as matérias da OAB na ponta da língua e passará no exame da ordem.

Eu criei essa estratégia quando fiz minha primeira pós-graduação.

Como eu já sabia exatamente qual era o tema que eu apresentaria em meu TCC, aproveitei todas as aulas e fui reunindo todos os textos e referências passadas pelos professores. O resultado é que antes de terminar o curso meu TCC já estava praticamente pronto, precisando apenas de alguns ajustes.

Além da inteligência, outro ponto determinante para que essa estratégia funcione é a disciplina.

Disciplina, no contexto que apresento, consiste na consciência de que o sucesso de verdade tem seu preço. É ingenuidade achar que dá para passar no exame da OAB sem estar totalmente preparado. A administração de uma quantidade de matérias leva algum tempo, e o tempo, para não ser desperdiçado, precisa andar de mãos dadas com a disciplina.

Essa história de ficar vibrando energia, visualizando a tela mental do sucesso e rezando para tudo dar certo tem lá seus fundamentos, mas isso você deve fazer nas horas de folga. Para passar de primeira na prova da OAB você precisa de foco e disciplina para encarar desafios tão grandes que dariam ótimos títulos para o cinema.

O monstro da preguiça.

As correntes da procrastinação.

A tentação da balada.

Vivendo na corda bamba.

O precipício do fracasso.

Sem querer fazer drama e cheio de vontade de colocar uma mensagem boa na sua cabeça, vamos ser realistas.

Em primeiro lugar entenda: toda escolha envolve uma renúncia.

Se o seu desafio é conquistar o sucesso a curto prazo, então você precisa agir agora.

Se você realmente quer passar na OAB de primeira, terá que jogar fora aquilo que está atrapalhando, ou seja, renunciar algumas coisas agora para colher belos frutos mais tarde,

relacionamentos desgastados, baladas furadas, passeios nada a ver, amigos que não acrescentam, séries de TV intermináveis, aplicativos viciantes, enfim, tudo o que atrapalhar a conquista do seu objetivo elimine ou reduza sua significância.

Talvez hoje você só tenha 18 anos, e eu sei que parece complicado abrir mão de algumas coisas na melhor fase da sua vida.

Deixe-me dizer uma coisa: Eu já tive a sua idade e lhe asseguro que a melhor fase da sua vida ainda não começou. Aos 18 você sequer saiu da adolescência que, segundo uma nova classificação, só termina aos 24.

Vai por mim: A melhor fase da vida começa quando você conquista sua independência financeira e como você sabe, dinheiro não cai do céu. Dinheiro você conquista! E quando você é muito bom em alguma coisa o dinheiro vem até você.

De coração: eu já tive sua idade e gostaria muito que na minha época tivesse alguém sentado na poltrona de um avião escrevendo algo sobre como aproveitar ao máximo a faculdade. Não duvide, eu teria feito tudo diferente e não teria demorado tanto para conquistar minha independência financeira.

É melhor ralar agora para chegar aos 24 anos (época da sua formatura) ganhando mais do que você precisa para o próprio sustento, do que passar a melhor fase da sua vida na fila dos desempregados.

Então vamos colocar a mão na massa e começar agora mesmo, ok?

As vantagens de se preparar agora para o exame da OAB são as seguintes:

  1. Você ganha no mínimo um ano no que seria a preparação tradicional.
  2. Você economiza grana tirando as dúvidas com os professores da faculdade.
  3. Se sente mais confiante na hora de fazer a prova.
  4. Tem a memória como importante aliada na aprovação.
  5. Começa a trabalhar mais cedo e conquista sua independência financeira.

Como candidato a passar de primeira na prova da ordem, você deve ter sua estratégia e ferramentas prontas para fazer a diferença.

  • Ter acesso a bons professores (Já falamos disso há pouco).
  • Ter um material de qualidade e atualizado.
  • Fazer um plano de estudos muito bem elaborado e que inclua a formação de memórias de longa duração.

São diferenciais como esses que colocarão seu nome no topo da lista.

Disciplina está em fazer tudo isso funcionar juntos durante todo o tempo.

Para lhe ajudar com esse desafio! Eu o convido a conhecer o Curso de Estudo e Memorização, eu desenvolvi esse treinamento, após entrevistar dezenas de alunos que foram aprovados em diversos concursos públicos, vestibulares, muitos inclusive conseguiram passar na OAB de primeira, ou seja, terminaram a faculdade e já passaram direto no exame.

O treinamento é formado por orientações e técnicas que desenvolvi e testei pessoalmente ao longo de 20 anos que servem para você estudar uma grande quantidade de matérias, por essa característica o curso pode ser usado durante e após a graduação.

O curso fará com que você aprenda a aprender e memorizar o conteúdo por um longo período de tempo, ou seja, tudo que você precisa para passar na OAB de primeira.

Então eu vou deixar aqui um convite para você:

Faça como o Gil, aluno que passou em 3 concursos para juiz

Se você quiser começar agora mesmo o curso, você entrará para o grupo de alunos que receberão o meu suporte e de minha equipe durante o período em que você estiver conosco.

Clique aqui para começar o curso!

Você também pretende passar na OAB de primeira? Não esqueça de deixar seu comentário abaixo.

Desejo que você estude com foco e disciplina, vença nos estudos e conquiste bem cedo sua independência financeira. Se precisar de uma força nos estudos conte comigo.

Nos vemos no curso.

Até breve.

Quer ter acesso a outras informações? Curta e siga a minha fanpage no Facebook e também inscreva-se no meu canal no Youtube.

Curso Estudo e Memorização

6 Comentários


  1. Realmente esse artigo falou a verdae, está cada vez mais díficil passar no exame da ordem dos advogados de primeira. conheço pessoas que terminaram a faculdade e estão a anos tentando passar no exame. Mas, como já foi dito, por outro lado, isso é bom, pois existem muitas pessoas que vão para faculdade como hobby ou por modismo e depois vão querer advogar, nesse caso como vamos saber se ele realmente aprendeu o que deveria na faculdade?! Enfim, excelente artigo, parabéns ao criador do conteúdo.

    Responder

    1. Fico muito feliz em ver que gostou do artigo. Obrigado pelo feedback 😉

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *