TEA, além dos sintomas do autismo

Olá, Mnemônicos! Hoje vamos conversar sobre uma dúvida comum em relação aos autistas. Há alguns mitos sobre o autismo que estão longe de ser verdade:

Será que eles são mais inteligentes do que a média da população?

Um comportamento típico no autismo é a ação de forma mais reservada, silencio quase absoluto e imerso em seus próprios pensamentos, certo?

Muitas vezes, esses momentos de isolamento pode passar para um desinformado a ideia de que pessoas portadoras de TEA (transtorno do espectro autista) são atrasadas cognitivamente, podendo também deixar uma imagem de que não conseguem comunicar ou expressar seus pensamentos.

Os Transtornos do Espectro Autista são distúrbios neurológicos que afetam a comunicação e a socialização de pessoas. Além do autismo clássico, há também o autismo de alto desempenho, antigamente chamado de Síndrome de Asperger e Transtornos Globais do Desenvolvimento.

Embora estejam todas classificadas no mesmo espectro, cada uma dessas doenças tem um nível de gravidade distinto.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

Pessoas portadoras de TEA apresentam alguns dos problemas na socialização, elas podem ser extremamente inteligentes e conseguem, sim, se comunicar com alguma facilidade.

Vejamos um exemplo no filme, Rain Man, estrelado por Dustin Hoffman e Tom Cruise (filme baseado numa história real). O personagem principal interpretado por Hoffman é autista.

Ao longo do filme descobrimos que o personagem, mesmo sendo portador de TEA, é completamente capacitado em calcular problemas matemáticos e possui uma memória fora do comum, sendo possível memorizar toda a lista telefônica. Recomendo que assista!

Uma outra característica forte nos autistas é o foco. Quando um autista concentra sua energia (foco) para desenvolver uma habilidade maior sobre um determinado assunto, ele atinge um nível singular de precisão, excelência sobre esse assunto.

Aprendizado e autismo

Existem muitas formas de estimular o conhecimento e a vontade de aprender em pessoas autistas:

  • Música clássica;
  • Pintura;
  • Oferecer um tratamento social igual aos demais;
  • Atividades e até aprofundamento sobre determinado assunto.

Porém, construir uma relação de confiança com essas pessoas é o primeiro e mais importante passo. Perceber por quais tipos de atividades o autista se sente atraído e oferecer todos os recursos, ferramentas e até mesmo aplicativos para que eles possam se aprimorar é indispensável.

Um fato curioso: Na Inglaterra, especificamente na universidade de Hertfordshire, foi criado um robô chamado Kaspar, que interage com as crianças autistas ajudando em seu desenvolvimento social e pessoal. Ele oferece brincadeiras e atividades que estimulam o raciocínio e a criatividade.

Incrível, não é mesmo?

Por fim, essas pessoas, portadoras de TEA, merecem todo o respeito e a consideração de todos. A família em parceria com a escola, oferecendo orientação educacional de qualidade, será muito eficaz para acompanhar o progresso dessas pessoas.

Algumas curiosidades sobre o Autismo

O termo foi utilizado pela primeira vez em 1908, pelo psiquiatra Eugen Bleuler, não se conhece hoje hum gene causador e por isso é classificado como um transtorno ou distúrbio do neurodesenvolvimento, não se trata de doença ou síndrome.

O Autismo no decorrer do anos recebeu vários nomes, veja alguns:

  • Autismo de Alto Funcionamento;
  • Autismo Kanner;
  • Demanda Patológica Avoidance;
  • Condição do Espectro do Autismo;
  • Transtorno do Espectro Autista;
  • Transtorno Invasivo do Desenvolvimento;
  • Autismo Clássico;
  • Síndrome de Asperger;

Alguns autistas bem sucedidos

Muitas vezes o autismo é associado a solidão e uma vida sem realizações, mas a história prova o contrário. Há Autistas famosos que podem ser uma poderosa fonte de inspiração para os pais ou portadores de TEA.

  • Michael Phelps, é o maior ganhador de medalhas da história das Olimpíadas;
  • Bill Gates, co-fundador da Microsoft, é um dos homens mais ricos do mundo;
  • Albert Einstein, foi um físico teórico alemão, desenvolveu a teoria da relatividade geral, um dos pilares da mecânica quântica e a física moderna;
  • Wolfgang A. Mozart, considerado um dos maiores compositores da história;

Métodos de aprendizagem acelerada podem ajudar

Durante mais de 20 anos eu ajudei pessoas a atingirem o sucesso através dos estudos » clique aqui e assista alguns depoimentos de alunos «, nesse período diversos indivíduos diagnosticados com Autismo frequentaram os meus cursos, a maior parte deles transformaram suas vidas com o meu método de aprendizagem acelerada.

Com o meu método qualquer pessoa é capaz de aprender qualquer matéria que tenha interesse, inclusive exatas e idiomas.

» Clique Aqui e assista alguns depoimentos de alunos do curso «

Para que você adquira ainda hoje o curso Estudo e Memorização, e por acreditar tanto na eficiência do meu método, além dos bônus eu ainda lhe ofereço uma garantia especial.

Se em 7 dias, depois de aplicar o método, você  não notar melhoras, eu assumo total responsabilidade e devolverei 100% do seu investimento. Dessa forma você não corre riscos. O que você acha? Clique aqui e saiba mais sobre o treinamento!

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Quer ter acesso a outras informações? Curta e siga a minha fanpage no Facebook e também inscreva-se no meu canal no Youtube.

Curso Estudo e Memorização

4 Comentários


  1. Sempre vejo muito achismo por trás do autismo, incluindo coisas absurdas. Parabéns pelo texto Professor e pelas palavras usadas, muito bom!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *