Como melhorar a memória com Professor Renato Alves

O Diário de Aveiro entrevistou o Prof. Renato Alves, que falou sobre sua ida à Portugal e como melhorar a memória na melhor idade.

No ultimo dia 23 de Junho, aconteceu I Congresso Internacional de Geriatria e Saúde Mental, promovido pela Replicar Socialform.

Segundo a organização, estas temáticas são cada vez mais procuradas pela comunidade científica visto que é evidente o crescimento exponencial da população idosa em todo o mundo.

Renato Alves foi um dos oradores, estando pela primeira vez em Portugal, é recordista brasileiro de memorização é autor de vários livros sobre o tema.

como melhorar a memori

Leia a entrevista completa:

Como melhorar a memória?

Diário de Aveiro: Você foi um aluno com dificuldades nos estudos, que assistia às aulas para logo depois se esquecer de tudo e que estudava para provas e no momento decisivo não se lembrava de nada. Também diz que os problemas de memória lhe causaram dificuldades profissionais. Como era viver assim?

Renato Alves: Existe uma importante relação entre não gostar de estudar e não saber estudar. Geralmente o aluno que declara que não gosta na verdade não sabe por onde começar os estudos.

É preciso entender que o fato de não gostar de estudar, geralmente está relacionado com a falta de métodos de estudo e memorização.

Quando adolescente, eu era o típico aluno que não sabia estudar e não fazia ideia de como usar as técnicas de memorização para me dar bem nos estudos.

Os professores apresentavam a matéria, informavam a data da prova e diziam: “vá para casa e estude”. O problema é que não ensinavam como estudar.

A falta do método gerava uma relação ruim com os estudos e criava muitos obstáculos ao aprendizado, me fazendo perder muito tempo para realizar tarefas simples como ler e reler um texto várias vezes. Aquela situação se refletia no boletim e gerava preguiça mental em relação estudos.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

Você começou recorrendo a tratamentos e remédios para a memória, mas os medicamentos não surtiram os efeitos desejados?

Minha família era muito pobre e não tínhamos acesso a tratamentos. Quanto aos remédios, até onde sei, na época não existiam remédios para memória e no Brasil também não passava pela cabeça de meus pais ou professores a existência de algum tipo de distúrbio cognitivo, o meu comportamento era considerado normal entre os estudantes de minha idade.

Hoje, analisando minhas recordações daquela época entendo que o que faltava era um método de memorização, orientação sobre como usar a memória de forma correta um drama vivido por muitos estudantes brasileiros até hoje é o de receber as matérias dos professores, mas nenhum tipo de orientação sobre como estuda-las, esse problema como disse, reflete no estado de motivação dos alunos, eles se acham incapazes de aprender e muitos pais acabam aceitando a tese de que seus filhos sofrem algum tipo de défice de atenção. Se existisse Transtorno do Défice de Atenção com hiperatividade na época de minha infância certamente eu seria diagnosticado equivocadamente como um portador.

como melhorar a memoria

Você criou um método patenteado de memorização, em que consiste?

Em 1996 eu comecei a estudar por conta própria livros sobre métodos de memorização, em seguida procurei cursos e referencias desta área no Brasil, não encontrei nenhum trabalho relevante, foi o ponto de partida dos meus estudos, durante anos aprendi, desenvolvi e testei vários métodos de memorização em cursos presenciais para mais de 350 mil alunos.

Mais tarde notei que não existiam métodos de memorização aplicado aos estudos, foi assim que desenvolvi técnicas especificas para memorização de conteúdo académico que mudaram minha vida e já ajudaram milhares de estudantes a estudar, reter conhecimento com qualidade e obter aprovação em provas e concursos públicos.

Agora você é conhecido como uma pessoa que possui uma súper memória. Como assim?

Correto. Mas é preciso antes definir o que é uma super memória, hoje sabemos que a memória é uma função do cérebro e não um local como as pessoas estão acostumadas a dizer, sendo um local, concluímos que ela não pode ser expandida, alguns pesquisadores dizem que a memória é ilimitada em sua capacidade e sendo assim, o único aspecto que podemos modificar é sua velocidade, portanto, a definição para super memória não é aquela que cabe mais informações, mas a que retêm e recorda de maneira mais rápida. Nos campeonatos de memória um dos critérios para determinar o campeão é a velocidade. Assim, respondendo a sua pergunta, uma super memória é uma memória rápida. Neste sentido, admito que tenho uma memória acima da media da população.

Como você define o nível de memória médio da população?

As pessoas estão cada vez mais dependentes de memórias artificiais, sendo a memória humana uma função, ela deve ser estimulada quanto mais utilizamos a memória natural, mais rápida ela fica quanto menos a estimulamos, mais lenta. É um processo parecido com o uso da calculadora, sempre teremos condições de fazer mentalmente as operações matemáticas, porem o uso constante da calculadora faz com que esta função natural vá ficando mais lenta e esta regra vale para a memória, quando a memória não recebe estímulos, fica lenta, ao ficar lenta, não confiamos. Ao não confiarmos na memória adaptamos novas memórias artificiais, assim, as pessoas acabam entrando num ciclo vicioso e perigoso, pois sabemos que memórias artificiais caem, quebram, queima descarregam, desactualizam e com elas perdem-se todas as lembranças. Este é o perfil actual da população.

como melhorar a memoria

Você veio a Portugal participar de um congresso de geriatria e saúde mental, qual o tema de sua palestra?

Eu basicamente vim apresentar algumas técnicas de como melhorar a memória. Existe uma grande diferença entre descuido e esquecimento, são eventos distintos, mas muitas pessoas os avaliam da mesma forma, no congresso fazemos uma abordagem das diferenças entre esses eventos e estudamos as formas como a memória deve ser fortalecida Apresentarei a tese de que não podemos confundir falta de memória com falta de estratégias de memorização ou com a falta de orientação sobre o funcionamento da memória.

Gostou da matéria? Não esqueça de deixar seu comentário aqui abaixo e aproveite para conhecer o meu curso Memória Blindada no treinamento eu ensino a aplicação prática da memorização no dia a dia.

Nas videoaulas on-line eu explico de maneira simples e objetiva, todas as estratégias que utilizo para não esquecer de nada. Definitivamente é sua hora de ter uma memória mais jovem, forte e confiável:

» Clique Aqui e assista alguns depoimentos de alunos do curso «

Para que você adquira agora mesmo o curso Memória Blindada, e por acredita tanto na eficiência do meu método, além dos bônus eu ainda lhe ofereço uma garantia especial.

Se em 7 dias, depois de aplicar o método, você  não notar melhoras, eu assumo total responsabilidade e devolverei 100% do seu investimento. Dessa forma você não corre nenhum risco. O que você acha? Clique aqui e comece agora mesmo!

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Quer ter acesso a outras informações? Curta e siga a minha fanpage no Facebook e também inscreva-se no meu canal no Youtube.

4 Comentários


  1. Olá bom dia! Dr. Renato Alves ou equipe, estou no terceiro termo do curso de Direito e tenho um sonho de me Tornar; Delegado, Promotor ou Juiz, portanto terei que lutar muito para isso!
    Venho observando seus trabalhos, e aqui quero que esclareça minha dúvida; se estou no terceiro termo de Direito e pretendo prestar concursos futuramente, no caso daqui 4 anos; qual dos seus materiais me indicaria para meu caso?

    Desde já obrigado!

    Responder

    1. Olá, Luciano. Seria muito interessante que se inscrever em uma das turmas do meu curso Estudo e Memorização, não há mágica, mas esse curso poderia fazer maravilhas por você.
      Você pode adquirir esse curso no link abaixo:
      Os cursos são oferecidos hoje por um preço bem inferior ao seu real valor, e mesmo assim, vários deles com descontos de 50%.
      http://renatoalves.com.br/cursos_online.html
      Abraço

      Responder

  2. Olá boa noite, gostaria saber como funciona os horário do curso, se vídeo aula consigo ver qualquer horário

    Responder

    1. Olá Raiane, os cursos são online, e durante o período de acesso, o curso fica disponível 24h por dia.
      Também enviei informações em seu e-mail, mas acesse também o link abaixo:
      Os cursos do são oferecidos hoje por um preço bem inferior ao seu real valor, e mesmo assim, vários deles com descontos de 50%.
      http://renatoalves.com.br/cursos_online.html
      Abraço

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *