Qualidade de vida é qualidade de comunicação

Sabe aquelas pessoas que entram na sua vida por apenas três minutos, mas seus nomes, rostos e palavras ficam para sempre na sua memória? São pessoas que, sem dúvida, possuem qualidade de comunicação.

Qualidade de vida é qualidade de comunicação.

Hoje quero compartilhar com você uma dessas histórias.

Eram 11 horas da noite. A fome me consumia ao mesmo tempo em que eu encerrava uma palestra para mais de quinhentas pessoas num anfiteatro em Curitiba.

Com o intuito de comemorar o sucesso do evento, fomos jantar numa pizzaria. Na mesa estavam eu, meu amigo Marcio, o organizador do evento, e o José Carlos, técnico responsável pelo som.

Nesse meio tempo, nossa conversa foi interrompida pela simpática presença de um garoto loiro, vestindo camisa branca, gravata vermelha e com uma mochila nas costas.

Em virtude de sua elegância e educação, ele seria facilmente confundido um cliente do restaurante, não fosse pela mensagem que ele nos disse na sequência.

 

Uma comunicação eficiente.

“Com licença.”

“Boa noite, senhores.”

“Eu sou um vendedor.”

“Sou o Rei do Amendoim de Curitiba.”

Depois de dizer isso, ele tirou alguns pacotes de amendoim da mochila, segurou todos  em suas mãos e continuou:

São grãos selecionados de amendoins torrados, salgados levemente, que servem de entrada para uma cerveja bem gelada. São 2 pacotes para cada um e outro para a mesa por apenas 5 reais. Ou 10 pacotes por apenas 7 reais. Quantos os senhores desejam?

Foi uma apresentação impecável, que prendeu nossa atenção. No entanto, antes que respondêssemos, sim ou não, ele começou a repetir o mesmo texto em inglês, com uma desenvoltura incrível.

Naturalmente, a habilidade de comunicação daquele garoto conquistou nossos ouvidos, corações e, claro, nossos bolsos.

Ele nos vendeu os amendoins e seguiu para a próxima mesa onde fez a mesma abordagem com os mesmos resultados. Ali estava um grande comunicador.

 

Somos eternos aprendizes.

Quando ele já estava indo embora eu o chamei para conversar.

O garoto tinha nome de astro de cinema, Alan Michel Schneider de Medeiros.

Na época em que eu o conheci ele tinha apenas 14 anos de idade. Estudava pela manhã. Trabalhava de noite vendendo amendoins com o intuito de ajudar a família. Com algumas poucas horas de trabalho diário levava para casa mais dinheiro que muitos chefes de família.

Dava gosto vê-lo trabalhar!

 

Você é aquilo que transmite.

Anthony Robbins é um dos principais nomes da Programação Neurolinguística no mundo. Uma de suas reflexões que mais me chama atenção é a que diz::

Qualidade de vida é qualidade de comunicação.

Do mesmo modo que o jovem Allan, Tony Robbins também era de origem humilde. Ele se transformou num orador capaz de arrastar milhares de pessoas para seus eventos. Nessas ocasiões ele ensina que tudo o que conquistamos na vida está intimamente ligado à qualidade de nossa comunicação.

As pessoas que estão ao seu redor, os amigos, os familiares, os bens materiais, tudo está ligado a forma como enviamos nossa mensagem ao mundo.

Se você não está plenamente satisfeito com o que conquistou até hoje, por certo é preciso verificar como a sua mensagem está chegando até as pessoas.

 

De 0 a 10, que nota você daria para sua qualidade de comunicação?

Talvez uma pessoa desempregada, necessitando ganhar dinheiro, pudesse esnobar um convite para vender amendoins.

O garoto de Curitiba não só aceitou o desafio como se tornou um ícone de determinação, qualidade e empreendedorismo.

Ele tinha um segredo e com certeza não era o sabor do produto, posto que não disponibilizava amostras grátis aos clientes.

O segredo do Allan estava na iniciativa, na força de vontade, na disposição para correr riscos e, certamente, na comunicação.

De fato, a habilidade de se comunicar com eficiência o colocava num patamar de destaque diante dos restaurantes lotados.

Ele não era exatamente um Silvio Santos, no entanto, sabia exatamente como chamar atenção para sua mensagem usando a comunicação verbal e não verbal. Sua abordagem merecia nota 10, portanto, ficou gravada em minha memória.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

 

Tome posse do palco.

Na pós adolescência eu era um jovem muito tímido. Isso fazia com que minha qualidade de vida fosse abaixo da média.

A timidez nunca pareceu um problema para minha família, portanto, nunca fui encorajado a me expressar bem! É provável que se a timidez tivesse sido trabalhada desde cedo eu teria aproveitado melhor algumas oportunidades.

Hoje, meu trabalho impacta diretamente mais de 3 milhões de pessoas por ano. Antes disso, tive que aprender a me comunicar na raça. Através do método de tentativa e erro. Confesso que isso me custou alguns anos de trabalho e muitas oportunidades perdidas.

Por inúmeras vezes estive diante de platéias lotadas. Tinha o palco inteiro a minha disposição para vender, converter, influenciar. Só que não passava mais do que o básico, era uma fala sem encantamento que deixava um sentimento de derrota.

Apesar disso eu nunca desisti de aperfeiçoar minha comunicação. Eu tinha o palco a minha disposição, só faltava me aperfeiçoar. Foi o que fiz! Me capacitei através de livros, artigos, seminários e treinamentos que participei.

 

Você quer. Você pode. Você merece qualidade de comunicação.

Investi muito tempo e dinheiro. Finalmente consegui destravar minha comunicação. Hoje não perco nenhuma oportunidade de levar uma mensagem de qualidade onde quer que me apresente. Uma de minhas missões de vida é ajudar outras pessoas a se comunicarem melhor. Seja de forma verbal ou escrita (sou autor de 8 livros).

Este ano lancei um curso de comunicação verbal chamado, Empatia InstantâneaNo programa selecionei o melhor da Programação Neurolinguística aplicada à comunicação.

O treinamento é 100% online e focado diretamente no desenvolvimento da comunicação humana. Em suma, vou direto ao ponto quando o assunto é ensinar o que você precisa fazer para estabelecer uma comunicação imediata e de resultados.

Um projeto inédito onde ensino os segredos que aprendi com todos os comunicadores de sucesso que tive contato ao longo de 21 anos no palcos do Brasil e do mundo.

Segredos como os de Allan, o garoto simples do subúrbio de Curitiba que foi destaque em revistas nacionais do país. Com um sorriso e postura específica ele estabelecia Empatia Instantânea com seus clientes.

Em poucas palavras, ele dizia exatamente o que a outra pessoa precisa ouvir.

Gostaria de conversar um pouco mais com você sobre qualidade de vida.

Clique aqui e conheça o Empatia Instantânea. Você vai descobrir como é possível gerar ótimos resultados em sua comunicação e em sua vida.

Banner Empatia Instantânea

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Curta e siga a minha fanpage no Facebook e também inscreva-se no meu canal no Youtube.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *