Técnica de Pomodoro para os estudos

Você já ouviu falar na técnica de Pomodoro?

Eu espero que sim, pois ela será abordada ao decorrer deste texto.

Mas para começar, deixa eu te fazer outra pergunta:

Você já estudou por meses, e devido a um errinho, acabou não conseguindo passar no tão sonhado concurso?

Passar em um concurso é uma meta que todos desejam alcançar na busca de mudar de vida. Inegavelmente, as vagas oferecidas pelas avaliações são uma oportunidade única de se obter um emprego com ótimas condições de trabalho.

Como resultado de toda essa busca, as etapas de um concurso acabam sendo extremamente concorridas e verdadeiras batalhas de conhecimento. De fato, não são todos que conseguem passar pelas provas e chegar até o fim de uma seleção. Assim sendo, é comum que muitos se sintam desmotivados a continuar, e cheguem até a desistir de tudo.

O maior problema de tudo isso, é que a maioria das reclamações de quem não consegue passar em um concurso, são simples de resolver. Em suma, quase todos reclamam da falta de tempo e foco na hora de estudar, o que resulta na procrastinação. De fato, quando procrastinamos algo, perdemos chances de nos aprofundarmos no assunto, e assim, compreendê-lo.

Entretanto, não é complicado vencer essas barreiras e conseguir obter alta taxa de compreensão e memorização nos estudos.  Apesar de não parecer, basta apenas uma técnica para render muito mais e em um espaço de tempo bem menor.

Utilizando um método correto de estudos, sustentado por uma técnica comprovadamente eficiente, é possível mudar toda sua base de estudos. Ou seja, como já havia dito, resolver tudo é bem mais simples do que parece.

Faça sua produtividade render

A técnica de Pomodoro foi inventada no final da década de 1980, pelo italiano Francesco Cirillo. Eventualmente, Cirillo usou um cronômetro de cozinha com o formato de um tomate, para gerenciar o seu tempo disponível. Uma vez que o nome Pomodoro vem disso, pois significa “tomate” em italiano.

Através dessa experiência, o mesmo percebeu que ao dividir seu trabalho em blocos de tempo, seu rendimento era melhor. Após isso, realizou mais pesquisas a respeito e, chegou à conclusão de que o período de 25 minutos, é o tempo ideal para se manter concentrado em uma atividade.

Isso se deve ao fato de que nosso cérebro tem um fluxo de agilidade mais eficiente nesse espaço de tempo. Desse modo, ao colocarmos um prazo para fazermos algo, nosso cérebro automaticamente detecta isso e passar agir mais precisamente.

Para usar a técnica em sua rotina, primeiro você precisa separar em blocos tudo o que necessita estudar. Logo depois, você irá determinar um espaço de tempo para cada conteúdo, ressaltando que o tempo máximo é 25 minutos. Além disso, de um bloco de conteúdo para o outro, dê uma pausa de 5 minutos para descansar a mente. Posto que a cada 4 blocos, a pausa deve ser maior, para assim seu cérebro processar tudo que foi absorvido.

Acrescentando, que essas medidas de tempo são apenas as sugeridas pela técnica de Pomodoro original. Por isso, caso deseje, você pode encontrar o seu próprio espaço de tempo e período de descanso ideal.

Gestão do tempo: resultados da técnica de Pomodoro

Provavelmente, o maior resultado que você irá obter com a técnica, é a redução do tempo desperdiçado. Assim também, conseguirá trabalhar melhor seu foco, sua compreensão e isso diminuirá problemas recorrentes, como a ansiedade.

Ao separar em blocos tudo que precisa ser feito, você conseguirá não só organizar melhor suas atividades, como também estabelecer metas para cada dia. Desse modo, torna-se mais fácil acompanhar seus resultados e avanços, e isso irá servir como motivação para continuar.

Fora os estudos, você poderá usar a técnica para gerenciar diversas outras atividades do seu dia a dia. Assim conseguirá desempenhar melhor as atividades do seu trabalho, atividades domésticas, terminar projetos antigos, etc.

Agora só depende de você

Estudar para concurso não é uma tarefa fácil de desempenhar, mas também não é impossível. De fato, não são todos que conseguem manter ótimos resultados, e sair na frente.  Além disso, como já dito, é necessário uma técnica de estudo eficiente para conseguir manter a qualidade nos estudos.

Pensar sobre o que é melhor para você e estabelecer um ritmo de trabalho, também é primordial. Dessa forma, você saberá qual caminho seguir e qual método deverá usar para conseguir manter sua performance. Em outras palavras, apenas você pode ir atrás daquilo que deseja e se equipar das ferramentas corretas. Porém, buscando te ajudar, separei alguns materiais complementares que podem te ajudar nessa jornada.

quantidade vs qualidade de estudo

Além da técnica de Pomodoro, existem outras formas de manter sua mente calma e concentrada. Uma delas, é através da música lo-fi, que por meio da mistura de sons, consegue manter sua mente e seu cérebro em um estado de relaxamento, fazendo com que sua capacidade de concentração não sofra declínios.

Outra coisa que pode te ajudar, são algumas dicas de estudo que dou em um vídeo gravado especialmente para quem presta concursos. Você pode conferir tal vídeo clicando aqui, garanto que será de grande ajuda.

Lembre-se de nunca desistir e sempre manter-se motivado a continuar.

Eu tenho certeza de que você irá conseguir a tão sonhada vaga.

Qualquer dúvida, poste aqui nos comentários, prometo ler e responder todos eles.

Até a próxima.

Viva bem. Lembre bem.

Renato Alves.

 

2 Comentários


  1. Gostei dessa técnica para algumas matérias, que não faz com que eu prenda o foco que são as que eu considero mais difíceis, já as que eu gosto preciso eu consigo focar e muito, se deixar passo da hora.

    Responder

    1. Sim Liziane! A técnica tem que se adaptar para você. Se funciona para algumas matérias, ótimo. Assim você tira proveito delas…e para as outras aplica outra técnica! Abraços.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *