Pirataria: Será que vale tudo por uma aprovação em concurso ou vestibular?

A pirataria para muitos é o mesmo que encontrar o “caminho mais fácil”, procurar atalhos, vencer a qualquer custo, levar vantagem em tudo são maus exemplos para os estudantes e certamente comprometem o futuro do Brasil, afirma a maior autoridade em planejamento de estudos e métodos mnemônicos do país.

É muito comum entre nós brasileiros, atordoados com tantos escândalos apontar o dedo em riste para todos os lados indicando supostos culpados pela usurpação da confiança do povo e surrupiar as verbas públicas. Vez por outra, no entanto – muitos de nós brasileiros – somos taxados de espertos e de querer levar proveito em tudo, como se esta escola da “vantagem acima de tudo” estivesse se perpetuando entre todos nós. Em tempo, eu afirmo: não é verdade! No entanto é preciso refletir, discutir e ajudar principalmente aos jovens a separar o joio do trigo para que façam a escolha certa.

É óbvio, que tenho plena ciência sobre a importância da saúde, da segurança e o quanto esses setores são prejudicados pela má gestão, a corrupção ou o peculato. Tenho trabalhado há 20 anos pelo que considero a única saída legítima para o desenvolvimento de nosso país: a educação, e por isso vou me ater somente a ela, aos estudantes e professores do país, a quem tenho profundo respeito e admiração.

Renato Alves - Memorização e Concentração no TJSP
Prof. Renato Alves em palestra no TJSP

Infelizmente, há muito tempo – todos nós – temos verificado o desmando, a letargia e a corrupção atuando ferozmente também nesta área. Agora, com o advento da Internet, os cursos on-line e EAD (Ensino a Distância) estão cada vez mais expostos aos crimes e fraudes contra a educação, como a pirataria, os esquemas de ¨ponto¨ nos alunos em provas e concursos, além da intermediação de provas ainda nas gráficas que chegaram a um nível altíssimo de sofisticação. 

Até aqui nenhuma novidade nestes dias difíceis para a nação brasileira. Vemos isso quase todos os dias na TV, sobretudo quanto se aproxima o ENEM e grandes concursos. Toda a minha preocupação recai neste momento é com  um problema tão grande quanto a corrupção ativa, pois esta é caso de polícia, me preocupo sim, com a passividade de alunos, professores, profissionais da educação e etc. Se engana, no entanto, quem acredita que o corruptor pode existir sozinho, ou que os corrompidos são menos culpados.

Reflitam comigo, que tipo de profissional será a pessoa que recorre a métodos ilegais para concretizar suas ambições? É realmente necessário optar por uma forma inescrupulosa de ser aprovado? E depois? Qual será o próximo passo de um advogado que se formou assim? De um médico aceito na Universidade e que vai atender seres humanos como eu e você no futuro, sem sabermos de nada? E o engenheiro que frauda a prova, certamente irá desdenhar das regras da física e fazer construções com o risco eminente de desabar e eventualmente matar pessoas.

Cadastre-se e receba dicas e materiais toda semana

Obrigado por realizar sua inscrição, acesse seu e-mail e confirme sua cadastro.

Uma educação rica vai muito além de um ótimo conteúdo, ela deve começar em casa, com os nossos exemplos. É baseada em fundamentos e princípios que são apresentados desde muito cedo aos mais jovens, sendo o principal, a integridade, o caráter e o respeito e essas são responsabilidades de todos nós, não só do governo. 

Essa “mania” ou “fama” de fazer do jeitinho brasileiro, uma cultura e para conseguir desde uma simples ligação de uma TV a cabo, até estes casos de estelionato para se obter uma vaga tem que ser combatida veementemente por toda a sociedade.  Para mim, este problema ao ter atingido os serviços básicos, acendeu a luz vermelha.

Recentemente vi a notícia de que uma quadrilha, acusada de vender ilegalmente materiais de estudo (Produto pirata), foi presa após uma série de investigações realizadas pela Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor (Delcon), da Polícia Civil. O fato ocorreu em Curitiba, PR, onde quatro pessoas, sendo três mulheres e um homem, foram presos por sediar uma organização que gerenciava uma série de negócios envolvendo a venda ilegal de cursos e materiais para estudo.

Pirataria
Família é suspeita de lucrar R$ 7 milhões com venda ilegal de material de estudo para concursos públicos Fonte: G1

A operação, batizada de Capitão Gancho 3D em alusão à pirataria cibernética, começou a ser implantada há cerca de seis meses, após a comunicação, partida de uma instituição educacional, sobre os crimes. A ação pretende continuar buscando outras fontes de contrabando de conteúdo educacional, visando o fim de atividades do tipo, não apenas no ramo educacional, mas também em outras áreas do comércio on-line.

Lamentavelmente como vemos, a educação brasileira acaba sendo fortemente abalada e desestruturada, resultando em uma perda significativa de seu verdadeiro potencial. Resta, para nós profissionais da educação agradecer o empenho da polícia federal e utilizar as mesmas armas que os estelionatários utilizam para aliciar os estudantes para realizarmos o contra-ataque pela Internet. JOVEM, NÃO ENTRE NESSA! HONRE SEUS PAIS E SIGA O CAMINHO CORRETO PARA SUA APROVAÇÃO!

Policia Federal
Operação batizada de Capitão Gancho 3D foi deflagrada. Quatro pessoas foram presas. Fonte: G1

Estude com afinco, cuide da sua saúde, da sua memória. Leia mais e foque na vitória que ela irá chegar. Ouça o que eu lhe digo: se formar, passar em um concurso ou dar um upgrade na carreira não é um vale tudo. Mas vale muito a pena, quando você tem a certeza que venceu com seus próprios méritos.

Viva bem. Pense bem.

Você gostou do texto? Não esqueça de deixar seu comentário aqui embaixo e aproveite e curta e siga a minha fanpage no Facebook e inscreva-se no meu canal no Youtube e receba mais novidades em primeira mão.

Renato Alves é escritor, pesquisador e primeiro brasileiro a receber o título oficial de melhor memória do Brasil. Autor de um método patenteado de memorização que ganhou reconhecimento nacional e já está presente em mais de 100 países.

Curso Estudo e Memorização

19 Comentários


  1. Prof. Renato Alves, boa tarde!

    Certamente, um dos melhores artigos que já li na internet. Meus sinceros parabéns!

    Como concurseiro sempre pensei e continuo pensando que não há fórmula mágica para ser aprovado, ou seja, somente o estudo árduo e disciplinado, além de outros atributos, será capaz de garantir-me a tão almejada aprovação.

    Além disso, nada é mais recompensador que dormir, ao final de um dia, com a consciência tranquila que só as mentes honestas são capazes de ter.

    Obrigado por este exemplar artigo ! Continue nos brindando com mais textos brilhantes como esse.

    Grande abraço!

    Responder

  2. Excelente artigo.
    Creio que aquilo que tudo aquilo que praticamos em nossa vida determina o retorno que temos. E não estou falando de ideias esotéricas, mas sim de causa e consequência.
    O problema é que quando alguém é exposto de forma recorrente à uma situação ilegal ou imoral, aquilo passa a parecer certo.
    Por isso, é nosso dever nos policiarmos e vencermos a hipocrisia que nos leva a criticar políticas ao mesmo tempo em que compramos cópias ilegais sob a justificativa de não termos condições, quando o prejudicado raramente tem algo a ver com nossa situação social e, pelo contrário, muitas vezes trabalha para corrigir isso.

    Responder

  3. Boas Renato,
    Tem razão em chamar à atenção para estes casos de fraude nas escolas e universidades que são tão condenáveis como outros crimes quaisquer.
    A verdade é que essas coisas de que fala não acontecem só no Brasil, eu vivo em Portugal e aqui é a mesma coisa. Muitos de nós, por desespero acabamos por cair na tentação de fazer umas cábulas ou desenvolver uma técnica de comunicação com os colegas para poder copiar nos exames. Admito que até eu já fiz coisas dessas.
    No meu caso isso acontece porque muitas vezes não consegui dedicar tempo suficiente para estudar a matéria como deve ser, ou então, quando até sei as coisas, não consigo acabar o teste porque não consigo gerir bem o tempo. Às vezes penso que só se tivesse apenas uma disciplina por semestre é que realmente iria conseguir saber tudo na perfeição e tirar uma boa nota.
    Eu acho que esse problema de tempo tem a ver com o fato de ter muita dificuldade em me concentrar .
    Já faz muito tempo que andei à procura de uma maneira de resolver o meu problema e que conheci o professor Renato Alves e o seu curso de memorização. Tenho muita vontade de participar no seu curso porque você parece ser uma pessoa que realmente quer ajudar os outros e não um charlatão qualquer que só quer fazer dinheiro. Infelizmente ainda não tenho possibilidade de fazer esse investimento no meu desempenho escolar mas espero poder faze-lo muito em breve.
    Desejo-lhe tudo de bom e que não desista destas suas iniciativas pois elas podem fazer a diferença na educação brasileira e também na portuguesa.
    Um grande abraço

    Responder

    1. Olá, Ferreira. Estamos aguardando você em uma de nossos turmas.
      Abraço 🙂

      Responder

  4. Que bom ver vozes se levantando contra nosso fim e nosso começo, pois tudo se encontra e se resolve na educação. Passei a ter esperança com este texto…não estou mais tão só. Parabéns professor.

    Responder

  5. Olá Renato Alves. Eu SEI que o futuro do Brasil é edução dez, e que o governo não tem culpa, mas nos pagamos o imposto mais caro do mundo e temos uma educação péssima pq os filhos do governador E do deputado não estuda nas escolas publicaS com os professor mal remunerado com quatro classes sociais com insatisfação dos educadores.

    Responder

    1. Olá, Deusdete. Obrigado por participar.
      Temos que fazer a nossa parte.
      Abraço

      Responder

  6. Boa tarde Renato Alves! Meus parabéns pela iniciativa eu também não sou fã de atitudes erradas, ilícitas e criminosas. Eu quero muito passar em concurso público mais tenho tido bastante dificuldade em relação ao aprendizado, devido a uma base escolar ruim, procrastinação é outros fatores tem me atrapalhado muito, mas eu não desistirei e tenho fé em nome de Jesus que eu alcançarei o meu objetivo.

    Responder

    1. Olá, Cleitom. Veja o lado positivo da situação, você já sabe onde precisa melhorar, isso lhe coloca em uma posição melhor perante a maioria das pessoas.
      Foque em seus objetivos e trabalhe duro.
      Abraço

      Responder

    2. Parabéns professor eu acredito que o Senhor não é um pirata, o Sr é maravilhoso. Eu também não aceito pirataria a única coisa que eu desejo é estudar e me preparar para ganhar honestamente minha carteira de habilitação, seria a minha primeira. Obrigado, que Deus lhe abençoe com saúde. Sempre continue com sua honestidade, parabéns continua assim defendendo a honestidade. Com esse discurso seu a minha avaliação para Sr é nota máxima um abraço.

      Responder

  7. É muito triste ver que um país com tantas mentes brilhantes, e podendo ter um futuro incrível se destacando no mundo, acaba tratando algo tão importante como a educação com tanto descaso. Fico feliz em ver pessoas como você Professor Renato Alves, lutando por um futuro educacional melhor no Brasil.

    Responder

    1. Olá, Leonardo. Realmente, mas felizmente ao contrário do que é vendido isso não representa todos os brasileiros.
      Abraço

      Responder

  8. Olá Renato Alves, infelizmente a corrupção no nosso país estar esgotada. Tanto as fraudes como desvio de dinheiro, o que vem fácil vai fácil. O que conquistamos com sacrifício demora de uma pessoa tirar da gente, eu sempre opito pela hora e honestidade!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *